quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Ilusão ?


Consomes meu canto meus sonhos
Todo mistério se insinua
Intempéries madrugam em mim
Vento branco falou ´´sim``.

Orvalhadas de distâncias
As folhas ficam ao relento
Caem torres de diamante
Nada está onde outras estão.

Vou só, levo apenas o coração
Seguro em minhas mãos
A caminho dum horizonte
Onde deixei minha ilusão.

Vany Campos
22/01/2015