terça-feira, 2 de setembro de 2014

Anatomia das estrelas !

Foto: Anatomia das estrelas !
 
          "Ora,direis ouvir estrelas..."
                    ( Olavo Bilac )

Só entendo as coisas simples
que aprendi nos meus silêncios,
"Os pássaros e seus cantos,
Seus vôos, e o lugar para onde vão
no outono, e o dia em
que voltam na primavera ".
Ouço a música das cascatas
E decifro o canto dos pássaros
que no outono falam de ausências,
Na primavera falam de encontros.
Entendo também as estrelas.
Sei ler as mensagens que escrevem
Com sua lenta caligrafia de luz.
Sei porque algumas são azuis
E outras das cores do arco-íris,
E lhes agrada brincar de roda,
Formando constelações de música.
Sei ainda que há no coração
Do universo uma estrada,
Perto da via - láctea
Por onde passeiam,
Namorado a caminho do paraíso.
 
Vany Campos

[Arte: Justyna Kopania]


"Ora,direis ouvir estrelas..."
( Olavo Bilac )

Só entendo as coisas simples
que aprendi nos meus silêncios,
"Os pássaros e seus cantos,
Seus vôos, e o lugar para onde vão
no outono, e o dia em
que voltam na primavera ".
Ouço a música das cascatas
E decifro o canto dos pássaros
que no outono falam de ausências,
Na primavera falam de encontros.
Entendo também as estrelas.
Sei ler as mensagens que escrevem
Com sua lenta caligrafia de luz.
Sei porque algumas são azuis
E outras das cores do arco-íris,
E lhes agrada brincar de roda,
Formando constelações de música.
Sei ainda que há no coração
Do universo uma estrada,
Perto da via - láctea
Por onde passeiam,
Namorado a caminho do paraíso.

Vany Campos

[Arte: Justyna Kopania]