terça-feira, 2 de setembro de 2014

TRAÇOS INVERTIDOS

Foto: TRAÇOS INVERTIDOS
 
Vês os meus traços invertidos
Não sabes que eu vivo de ilusão ?
Nada mais me resta,
A vida não é festa
Sobra-me andar contra a mão
O tempo não tem razão
Quando manda o coração
A própria razão desconhece.
Não namoro a vida
Estou perdida no tempo
Que voa na minha frente
A ilusão como atalho
Para um amor solitário
Que mora no meu pensamento
É lirismo em andamento
Ouve as canções
Que cantam em meu coração
Para ti.
Estou na última curva
De meu pensamento
Que darei em silêncio
Meu sonho é o último gemido
Como um grito que não será ouvido !!!
 
 Vany Campos


Vês os meus traços invertidos
Não sabes que eu vivo de ilusão ?
Nada mais me resta,
A vida não é festa
Sobra-me andar contra a mão
O tempo não tem razão
Quando manda o coração
A própria razão desconhece.
Não namoro a vida
Estou perdida no tempo
Que voa na minha frente
A ilusão como atalho
Para um amor solitário
Que mora no meu pensamento
É lirismo em andamento
Ouve as canções
Que cantam em meu coração
Para ti.
Estou na última curva
De meu pensamento
Que darei em silêncio
Meu sonho é o último gemido
Como um grito que não será ouvido !!!

Vany Campos